A dança é uma das melhores expressões culturais existentes porque envolve o movimento, o canto e a dramatização. É a necessidade de se expressar que leva o homem a utilizar as artes e transformá-la em um símbolo de seu povo ou sua cidade. No Brasil, as principais danças típicas têm forte ligação com a religiosidade, as comidas típicas de uma região, a cultura de um povo e os fatores históricos. São ritmos alegres com roupas e cenários populares de cada região. A verdadeira dança típica é aquela que demonstra o melhor e o mais importante de uma localidade.

Alguns tipos de dança

Dança Clássica;

Dança de Salão;

Dança Moderna;

Dança Rítmica, dentre outras.

Danças Típicas Brasileiras

Bumba-meu-boi

O bumba-meu-boi é uma das danças mais típicas do país porque ocorre em diversos estados brasileiros e principalmente no nordeste. Além de dança, ela é uma representação da sociedade brasileira. É a história cantada e dançada da Catirina, uma sertaneja que grávida acabou desejando a língua do boi preferido do dono da fazenda onde ela e seu marido Chico Vaqueiro trabalham.

Seu marido acaba tirando a língua do boi a pedido de sua mulher e a notícia chega aos ouvidos do fazendeiro. Ele acusa Chico Vaqueiro pelo ocorrido e são solicitados vários médicos para curá-lo. Durante toda a dança, há o julgamento e o perdão do homem. O boi, que aparentemente havia morrido, acaba sendo curado e é realizada uma grande festa com danças e cantorias.

Quadrilha

A festa junina é um evento comum no Brasil, durante os meses de junho, julho e agosto. Essa festa possui uma dança bastante conhecida, a quadrilha. A dança evolui em duplas ao som do forró e pode alternar entre fandangos, catiras e valsas. São diversas evoluções e coreografias que são executadas pelos dançarinos ao som de músicas conhecidas como Pula Fogueira e Capelinha de Melão. Eles utilizam uma vestimenta característica dos caipiras, com chapéus de palha, vestidos de chita e camisas xadrez.

Forró

Essa dança típica brasileira é muito conhecida no país e tem suas raízes diretamente ligadas à região nordeste. O forró possui diversos aspectos retirados da cultura e do cotidiano desse povo e, por isso, passou a ser comum não só ali como em todo o país. A música que embala os dançarinos tem o mesmo nome da dança e é acompanhada de instrumentos musicais como a sanfona, zabumba e triângulo. Há indícios de que ela surgiu no século XIX e como era dançada em terrenos de chão batido, as pessoas dançavam com os pés arrastados para evitar que a poeira levantasse.

Uma das características mais peculiares do forró é que os dançarinos arrastam os pés pelo salão e dançam bem colados, em pares. São diversas formas de dançá-lo: podem alternar entre lento, moderado e rápido. Há, ainda, a divisão entre forró eletrônico, tradicional, universitário, dentre outros.

Topo