Egito

Dança do Ventre

A dança do ventre já era praticada por civilizações antigas e no Egito Antigo, sacerdotisas dançavam em rituais religiosos. Primeiramente, ela ocorria somente nos templos, mas depois passou a ser comum em festividades e eventos públicos. Os movimentos realizados pelas dançarinas imitam os animais, os quatro elementos e a natureza. As mulheres devem tratar a dança do ventre com respeito e amor. Além da própria dança, também são utilizados instrumentos como a espada, véu, punhais, jarros e taças. Os instrumentos utilizados são as flautas, clarinetes e trombetas. A dança do ventre usa movimentos que remexem o tronco, os quadris e o abdômen.

Movimentos fundamentais da dança do ventre:

  • Movimentos redondos: circundação do peito e quadril;
  • Movimentos em oito: é feito um desenho de um oito para a direita e a esquerda com o quadril;
  • Os movimentos com a cabeça utilizam deslocamentos para a esquerda e a direita;
  • As mãos realizam movimentos leves e delicados;
  • O rosto da dançarina deve expressar sentimento;
  • Movimentos para tremer o peito, as pernas e o abdômen.

Argentina

Tango

O tango é uma dança que surgiu nos subúrbios de Buenos Aires e inicialmente acreditavam que ele estava ligado aos cabarés e bordéis, graças a sua sensualidade. Após o seu sucesso em países europeus, o tango passou a ser mais aceito pelas outras famílias. O ritmo era ditado pelo som de flautas, violões e violinos; aos poucos ele foi adquirindo o aspecto melancólico que ele tem ultimamente. Assim como o samba, essa dança tornou-se um símbolo da Argentina. Os passos principais podem ser dados em oito tempos. Posteriormente, pode-se usar outros como o gancho e o ocho. O gancho se caracteriza pela levantada de perna do casal e eles engancham as pernas. O ocho é um passo executado pela mulher e ela desenha um oito com as pernas.

Índia

Bharathanatyam 

Essa dança indiana é tradicional e uma das mais antigas do país. É um estilo clássico que surgiu no sul da Índia e contêm muitas expressões. A dança é acompanhada por um estilo Carnático e usa instrumentos musicais como a flauta, o violino e a Tambura. Na Bharathanatyam os dançarinos realizam movimentos suaves e poses.

Itália

Tarantella

O nome dessa dança vem da cidade de Taranto, na Itália. Ela é realizada por casais que fazem trocas de forma muito rápida. A Tarantella deve ser dançada em duplas, pois dançar sozinho é considerado má sorte. Primeiro, é feito um círculo pelos participantes que giram no sentido horário; depois, a música passa a ficar mais rápida e os dançarinos trocam de lado. A tendência é que a Tarantella fique sempre mais rápida.

Danças Típicas da Espanha

Flamenco

O Flamenco surgiu na região de Andaluzia e é a junção do canto, a guitarra e a dança. A dança utiliza movimentos nos braços e nos punhos, sapateado, forte expressão facial e grande movimento das saias. As dançarinas sapateiam e batem palmas para dar ritmo à dança, que é embalada ao som dos músicos. O Flamenco termina em um movimento intenso da dançarina que deve passar uma expressão segura e forte.

Sevilhanas

Dança típica da cidade de Sevilla, na Espanha. Ela utiliza palmas, guitarras e batidas dos tamancos para dar o ritmo dos movimentos. É realizada por casais de homens e mulheres, mas também podem ser formados casais com duas mulheres. Sevillanas é divida em uma ordem cronológica de quatro partes (primeira, segunda, terceira e quarta) que possuem maneiras distintas formas para dançar. Com essa diferença, o espectador pode verificar quando cada etapa da dança vai começar. A primeira parte é realizada passadas seguidas, a segunda trabalha com a roda, a terceira é o sapateado e a última parte é a dos careos.

Jota

Estilo de dança muito comum na região de Aragón e que sofre algumas alterações em outras partes do país. É realizada em pares que ficam com as mãos a cima da cabeça tocando castanholas e dançando.

Topo