Egito

Dança do Ventre

A dança do ventre já era praticada por civilizações antigas e no Egito Antigo, sacerdotisas dançavam em rituais religiosos. Primeiramente, ela ocorria somente nos templos, mas depois passou a ser comum em festividades e eventos públicos. Os movimentos realizados pelas dançarinas imitam os animais, os quatro elementos e a natureza. As mulheres devem tratar a dança do ventre com respeito e amor. Além da própria dança, também são utilizados instrumentos como a espada, véu, punhais, jarros e taças. Os instrumentos utilizados são as flautas, clarinetes e trombetas. A dança do ventre usa movimentos que remexem o tronco, os quadris e o abdômen.

Movimentos fundamentais da dança do ventre:

  • Movimentos redondos: circundação do peito e quadril;
  • Movimentos em oito: é feito um desenho de um oito para a direita e a esquerda com o quadril;
  • Os movimentos com a cabeça utilizam deslocamentos para a esquerda e a direita;
  • As mãos realizam movimentos leves e delicados;
  • O rosto da dançarina deve expressar sentimento;
  • Movimentos para tremer o peito, as pernas e o abdômen.

Argentina

Tango

O tango é uma dança que surgiu nos subúrbios de Buenos Aires e inicialmente acreditavam que ele estava ligado aos cabarés e bordéis, graças a sua sensualidade. Após o seu sucesso em países europeus, o tango passou a ser mais aceito pelas outras famílias. O ritmo era ditado pelo som de flautas, violões e violinos; aos poucos ele foi adquirindo o aspecto melancólico que ele tem ultimamente. Assim como o samba, essa dança tornou-se um símbolo da Argentina. Os passos principais podem ser dados em oito tempos. Posteriormente, pode-se usar outros como o gancho e o ocho. O gancho se caracteriza pela levantada de perna do casal e eles engancham as pernas. O ocho é um passo executado pela mulher e ela desenha um oito com as pernas.

Índia

Bharathanatyam 

Essa dança indiana é tradicional e uma das mais antigas do país. É um estilo clássico que surgiu no sul da Índia e contêm muitas expressões. A dança é acompanhada por um estilo Carnático e usa instrumentos musicais como a flauta, o violino e a Tambura. Na Bharathanatyam os dançarinos realizam movimentos suaves e poses.

Itália

Tarantella

O nome dessa dança vem da cidade de Taranto, na Itália. Ela é realizada por casais que fazem trocas de forma muito rápida. A Tarantella deve ser dançada em duplas, pois dançar sozinho é considerado má sorte. Primeiro, é feito um círculo pelos participantes que giram no sentido horário; depois, a música passa a ficar mais rápida e os dançarinos trocam de lado. A tendência é que a Tarantella fique sempre mais rápida.

Colômbia

Zumba

O Zumba é uma dança criada na Colômbia pelo coreógrafo Beto Perez, nos anos 90 e é uma reunião de vários estilos, tais como samba, salsa, mambo e merengue. É bastante praticada em academias e uma dança que conquistou pessoas no mundo todo.

De acordo com Perez, Zumba é uma festa, uma forma divertida de praticar exercício físico que teria surgido por acaso, quando ele esqueceu de levar suas músicas para uma aula de aeróbica. Ele começou a improvisar com a música latina que possuia em fitas cassetes. As pessoas saíram encantadas com o estilo e a partir daí, surgiu a dança, que inicialmente começou na Colômbia e se espalhou para os Estados Unidos.

Zumba em Academias

O Zumba a cada dia tem feito parte das atividades físicas dos brasileiros. Nas academias, escolas de dança, na televisão ou através de vídeos na internet pode-se aprender a dançar.

Aulas de Zumba

Com um som cheio de ritmos, destacado por batidas que se repetem de percurssão, é uma dança parecida com a salsa, o axé ou o zouk. É cheia de energia, fazendo com que todas as partes do corpo sejam trabalhadas. Mexer as mãos, o quadril, gritar e pular são uma das principais atividades realizadas nesse estilo.

Através da música latina, os professores de Zumba ensinam movimentos constantes para seus alunos, e, como em qualquer outro tipo de dança, uma pessoa poderá encontrar uma maneira agradável de se exercitar. Aqueles que não estão acostumadas com o ritmo, podem demorar a aprender os exercícios, mas é uma dança simples que une aeróbica com coreografias adaptadas às danças latinas.

Os benefícios da dança compensam todo esforço. Em apenas uma hora, uma pessoa poderá queimar entre 600 a 1000 calorias. Através da dança, o indivíduo trabalha o equilíbrio, a concentração e a coordenação motora.

Danças Típicas da Espanha

Flamenco

O Flamenco surgiu na região de Andaluzia e é a junção do canto, a guitarra e a dança. A dança utiliza movimentos nos braços e nos punhos, sapateado, forte expressão facial e grande movimento das saias. As dançarinas sapateiam e batem palmas para dar ritmo à dança, que é embalada ao som dos músicos. O Flamenco termina em um movimento intenso da dançarina que deve passar uma expressão segura e forte.

Sevilhanas

Dança típica da cidade de Sevilla, na Espanha. Ela utiliza palmas, guitarras e batidas dos tamancos para dar o ritmo dos movimentos. É realizada por casais de homens e mulheres, mas também podem ser formados casais com duas mulheres. Sevillanas é divida em uma ordem cronológica de quatro partes (primeira, segunda, terceira e quarta) que possuem maneiras distintas formas para dançar. Com essa diferença, o espectador pode verificar quando cada etapa da dança vai começar. A primeira parte é realizada passadas seguidas, a segunda trabalha com a roda, a terceira é o sapateado e a última parte é a dos careos.

Jota

Estilo de dança muito comum na região de Aragón e que sofre algumas alterações em outras partes do país. É realizada em pares que ficam com as mãos a cima da cabeça tocando castanholas e dançando.